Nutrição

Dietas Ricas em Proteínas Vegetais

Pesquisa Proteínas Vegetais

De acordo com um relatório publicado no British Medical Journal (BMJ) , dietas ricas em proteínas, particularmente proteínas vegetais, estão ligadas a um menor risco de morte precoce. O estudo disse que dietas que consistem em proteínas vegetais, incluindo feijão, lentilha e nozes, podem reduzir o risco de morte precoce – enquanto a troca de carne por uma proteína vegetal pode aumentar sua longevidade.
Um grupo de pesquisadores da Universidade de Ciências Médicas de Teerã, no Irã e da Universidade de Harvard, revisou 32 estudos sobre esse tópico. Os autores descobriram que uma alta ingestão de proteínas totais diminuiu o risco de morte por todas as causas e doenças cardiovasculares. Os pesquisadores afirmaram que uma razão para isso pode ser que esse tipo de dieta tenha efeitos benéficos no perfil lipídico e colesterol, pressão sanguínea e açúcar no sangue, fatores de risco para diabetes e doenças cardíacas.

veganway “Essas descobertas têm implicações importantes para a saúde pública, já que a ingestão de proteínas vegetais pode ser aumentada com relativa facilidade, substituindo a proteína animal e pode ter um grande efeito na longevidade“, disseram os pesquisadores em um comunicado. associado a um risco 5% menor de morte por todas as causas, de acordo com o estudo.
Se você deseja aumentar a ingestão de proteínas à base de plantas, a American Diabetes Association recomenda a ingestão de alimentos como quinoa, feijão, grão de bico, lentilha e edamame. A adição de certos vegetais, como ervilhas, brócolis e espinafre, também pode ser benéfica ao tentar aumentar a ingestão de proteínas à base de plantas.

Deixe um comentário